top of page

O que torna uma pessoa um incrível funcionário

Atualizado: 27 de jul. de 2021

As pessoas são inconsistentes, incoerentes e aleatórias. E é isso que nos torna únicos e capazes de fazer grandes coisas. Psicólogos e economistas estudam o comportamento humano há anos. No entanto, não somos Econs, então nosso comportamento nem sempre é baseado na lógica.


O que é um Econ?

De acordo com M. Scott Niederjohn e Kim Holder, Econs são "indivíduos" que podem ser descritos como analíticos, reflexivos, esforçados, deliberados e pacientes. Ser totalmente racional não significa que os Econs fazem previsões perfeitas. Ainda assim, eles fazem previsões imparciais, conforme explicado por RHT e CRS em Nudge: Improving Decisions about Health, Wealth and Happiness. Esta definição apoia a diferença entre humanos e Econs.

Econs Vs Humanos

Nós humanos às vezes somos incoerentes porque usamos a parte de nosso cérebro chamada Sistema Automático, em vez de usar o Sistema Refletivo. Os viéis inconscientes nfluenciam profundamente os humanos. Isso não significa que somos estúpidos, apenas significa que muitas vezes não podemos enxgergar o quadro completo. Como o cérebro humano é extremamente poderoso, não podemos controlá-lo totalmente. Por outro lado, esse poder é o que nos diferencia dos animais. Podemos acumular cultura, conhecimento e construir sobre isso.

Podemos comparar o cérebro humano à inteligência artificial, que continua aprendendo com o que vê ao longo do tempo. Os humanos estão aprendendo há 40.000 anos e, mais do que nunca, estão sendo incentivados o tempo todo. Conseqüentemente, estamos em constante mudança. No ambiente de trabalho não é diferente. As empresas que desejam criar um ótimo lugar para trabalhar devem olhar continuamente para seu pessoal. Eles não podem incentivar os funcionários somente de vez em quando: a motivação não é transacional, é um serviço.

Motivando Humanos

Ao motivar os funcionários, as empresas devem se lembrar da diferença entre humanos e Econs. O futuro do trabalho é compreender o ser humano e suas singularidades, mesmo quando não são analíticas ou lógicas. Compreender a individualidade é a ponte para a construção de um senso de comunidade.

E agora?

Devemos olhar para as pessoas e considerar sua irracionalidade antes de agir, porque cada ação influencia o comportamento dessas pessoas. Essa irracionalidade é a beleza do ser humano, é o que nos torna especiais. Entender isso no ambiente de trabalho é o que vai trazer as empresas para o próximo nível, uma vez que a boa execução de qualquer trabalho depende de pessoas motivadas e produtivas.





8 visualizações0 comentário

Comentarios

Obtuvo 0 de 5 estrellas.
Aún no hay calificaciones

Agrega una calificación
bottom of page