top of page

A receita do sucesso profissional

Atualizado: 22 de jun. de 2021


Ouvimos muitos conselhos para “chegar lá” na vida profissional. Alguns de colega e amigos, outros de pais e mentores. Muitos vêm das pessoas que admiramos, outros nem tanto. Não só isso, há milhares de livros, artigos, TED talks que, praticamente, colocam em bullet points o que é necessário para o sucesso. Esse conteúdo é absorvido e aplicado por muitos. Então a pergunta é por que a maioria não alcançou o tão almejado “sucesso”?


As muitas receitas

É claro que há muitos conselhos interessantes, relatos inspiradores e sugestões de ferramentas que ajudam a melhorar nosso ambiente de trabalho. Compartilhar experiências, dividir conhecimento é um presente. Não são este tipo de conteúdo que preocupa, mas sim a divulgação de “receitas” de sucesso. Defino como receitas porque autores escrevem os requisitos de sucesso como ingredientes: A) “durma 6 horas por dia”; B) “faça sessões de networking uma vez por semana”; C) “leia 2 livros por mês”, entre outros. Esses ingredientes, na verdade, excluem várias pessoas que não conseguem atender esses requisitos: há pessoas que precisam dormir 10 horas por dia para se sentirem bem, há pessoas mais introvertidas em que há um enorme gasto de energia para networking, há pessoas que não tem acesso a nada disso. A receita pode ter dado certo para alguns, mas com certeza não é para todos. Encara-las como verdades absolutas têm o potencial de desmotivar os que não conseguem se encaixar no molde.


A individualidade dos ingredientes

É importante ressaltar que entendemos que a definição de sucesso é totalmente pessoal. Para Maria pode ser a possibilidade de surfar a cada dois meses, para Zé é poder jantar todo dia em casa e para Cris é ganhar muito dinheiro. Sem adentrar a esta parte da questão, no ambiente de trabalho, há em inúmeras ocasiões uma noção do que é o sucesso dentro da empresa. Há premiações para risings stars e promoções para destaques. A definição de sucesso dentro de uma empresa está alinhada com seus valores.

Mesmo assim, há uma crescente preocupação na individualidade dos colaboradores dentro da empresa. Busca-se entender o que motiva alguém, o que engaja um funcionário. No entanto, muitas empresas reforçam a noção de uma receita de sucesso, mesmo quando alguns colaboradores não têm os ingredientes, seja por déficit financeiro, físico ou mental. Muitas vezes os ingredientes podem surgir no futuro: ingredientes que só são possíveis adquirir com experiência. Experiência que muitas vezes o empregador não está disposto a esperar.


O resultado final

Não é difícil ver que há pessoas bem-sucedidas totalmente diferentes. Apesar de precisar chocolate para fazer um bolo de chocolate, devemos lembrar que o sucesso no ambiente profissional pode ser alcançado de diferentes maneiras, com ingredientes diferentes. Para aqueles que buscam motivar os funcionários, aumentar a diversidade, e ter espaço para vozes diferentes, exigir que os colaboradores sigam uma receita não faz sentido. Em vez de facilitar, essa prática pode desmotivar e trazer mais do mesmo para dentro do ambiente de trabalho. É importante uma vigilância interna já que a linha que divide conselhos/ferramentas e receita é tênue. Com essa reflexão, você acha que na sua empresa há receitas de sucesso?

13 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page